R$198,00

3x de R$69,99 Ver mais detalhes

Eu amo reinterpretar a T-shirt e outros clássicos, como os kaftas africanos e o tubinho, e
Mariângela é uma tradução da camiseta, é nosso vestido camisetão. Ele é bem atual, acabou
de nascer, é fresquinho, urbano e ao mesmo tempo brejeiro, tem um drapeado na lateral e um
bolso que pode não ser bolso. Quem usa não quer tirar do corpo, estou bem viciada no meu. É
um vestido que nos abraça, é a gente se cuidando, é a gente se ninando com um tecido bem
macio e gostoso.
Ao brincar com a forma da camiseta e pensar no que eu ia trazer de novidade para essa
interpretação, busquei, como referência, uma mulher naturalmente leve e livre, assumida com
o que escolheu ser, pois gostaria que a peça incorporasse um espírito de liberdade da forma
mais natural possível. Minha inspiração foi a mãe da Gabi Valente, Mariângela, uma mulher
simples e extremamente sofisticada no porte e jeito de ser.
Me emociono muito sempre que me lembro de Mariângela. Ela é potência na leveza e encanto
silencioso, é encontro consigo e presença no mundo sem atrapalhar e incomodar, é poesia,
simplicidade, tristeza e alegria. É força tremenda, gigante, arrebatadora e feminina. É nossa
porção mulher que fica guardadinha em camadas mais profundas e só aparecem de vez em
quando. É extrema beleza, a beleza de uma rainha.

Composição: 90% poliéster 10% elastano, malha de poliéster e elastano com aspecto de camurça proporcionado pelo acabamento em sua superfície. Toque macio e caimento encorpado